segunda-feira, 9 de setembro de 2013

25 de junho de 2013

Hoje o dia foi triste, trágico, terrível.

Hoje foi o último ronrono.
Hoje foi o último suspiro.
Hoje esses olhos se fecharem num sono profundo.

Hoje o egoísmo precisou ser deixado de lado, deixar meu sofrimento pra trás e pensa unicamente em você.
Hoje eu lembrei de todos os ronronos de quando eu estava doente, da sua companhia ali do meu lado, incansável.
Hoje veio na memória tantos momentos bons, tensos, cheios de mordidas e arranhões.
Ah, como eu ficaria feliz com um arranhão bem dolorido no meu braço. Aquela mordida forte, de raiva total, na bochecha.

Mas hoje tudo ficou escuro, nublado e triste.
Não vou mais ouvir o seu "Miiiau" pela casa. Não vou mais me encher de pelos brancos, cinzas e amarelados. Não vou mais te pegar no colo, mesmo tão frágil nos últimos tempos.
Não vou mais poder te procurar dentro de casa, morrendo de saudade. Ou depois de um dia longo e exaustivo.

Mas vou lembrar pra sempre do amor da minha vida, da minha companheira por mais de 15 anos. Minha caduquinha, minha ranzinza, minha maluquinha, minha vida!
Obrigada por todos os momentos que passei com você, minha bolinha de pelo, meu amor!


Nenhum comentário:

Postar um comentário